Pesquisar este blog

quarta-feira, 21 de julho de 2010

APRENDENDO A DOAR COM A VIÚVA





Em Lucas encontramos o seguinte texto:

E, olhando ele, viu os ricos lançarem as suas ofertas na arca do tesouro; E viu também uma pobre viúva lançar ali duas pequenas moedas;E disse: Em verdade vos digo que lançou mais do que todos, esta pobre viúva;Porque todos aqueles deitaram para as ofertas de Deus do que lhes sobeja; mas esta, da sua pobreza, deitou todo o sustento que tinha. (Lucas 21.1-4).

A mesma história também foi registrada em Marcos 12.41-44. Marcos registra que Jesus estava assentado no Átrio das Mulheres observando a maneira como a multidão ofertava. O fato de Jesus estar assentado evidencia Sua humanidade. Afinal, só se assenta quem está cansado, e Ele era cem por cento Deus e cem por cento homem (Colossenses 2.9). Identifica-se aí que a humanidade de Cristo era plena, como plena era Sua deidade: E Tomé respondeu, e disse-lhe: Senhor meu, e Deus meu! (João 20:28).


O Átrio das Mulheres era um local destinado ao ofertório e também ao culto feminino. Os homens tinham acesso a esse recinto do Templo, embora as mulheres não pudessem frequentar outro ambiente da Casa de Oração. Nele existiam 13 receptáculos em formato de trombeta onde se depositavam as ofertas trazidas pelos adoradores. Cada seção tinha uma inscrição especificando onde seria investida a oferta ali depositada.


Jesus observou uma viúva que depositou como oferta dois lepton, também chamada lepta (moeda judaica de cobre), na verdade a menor moeda em circulação na Palestina. Valia 1/6 de um denário, o equivalente a 1/8 de dólar ou mais ou menos 5 centavos de Real cada. Foi a primeira vez que uma moeda judaica foi mencionada no NT. A lei proibia o depósito de lepta no Santuário por causa de sua insignificância. Entretanto, a viúva adorou a Deus com essas moedinhas, pois não possuía mais nada. A viúva foi facilmente identificada por Jesus e pelos discípulos porque era comum na época as mulheres que perdiam seus maridos usarem roupas de luto. Daí eram facilmente identificadas pela população. Os Ricos também foram identificados por Cristo e os Apóstolos, pois também eram identificados por suas vestes e posturas. Além do mais, faziam questão de mostrarem ao povo suas vultosas ofertas para parecerem espirituais.


Diante disso tudo, Jesus convoca seus catecúmenos para dar-lhes mais uma aula de adoração e fidelidade ao Pai. Ele disse aos discípulos que, apesar de a viúva aparentemente ter dado pouco, para Deus ela deu mais do que a somatória de todas as outras ofertas. No Cálculo de Cristo, valeu mais a qualidade do que a quantidade da oferta, Porque Deus ama ao que dá com alegria. (II Coríntios 9:7).


Os ricos deram de suas sobras, mas aquela mulher deu tudo que ela tinha. Deus não quer sobras de ninguém! Deus quer sacrifício de oferta. A viúva deu porque confiava nAquele que é dono de todas as coisas (Salmos 24.1). Ela sabia que não ficaria desamparada Pois Ele é Pai de órfãos e juiz de viúvas, no seu lugar santo. (Salmos 68:5).


Em tempos em que as pessoas vão a igreja para BUSCAR, aquela pobre mulher foi para “DOAR”. Parece que Jesus ensinou aos discípulos e a nós, neocapitalistas, uma grande lição através do ato daquela adoradora. Ela vivia em tempos de crise em Israel, pois o povo judeu estava sendo oprimido por Roma. Mesmo assim, isso não impediu que ela continuasse adorando com suas finanças. Afinal, o Senhor nos dirá um dia: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. (Mateus 25:21). E ainda, por parábola: E ele lhe disse: Bem está, servo bom, porque no mínimo foste fiel, sobre dez cidades terás autoridade. (Lucas 19:17).


Para enfatizar a pobreza em que vivia a viúva, Lucas usa o termo grego penichra, que quer dizer “absoluta pobreza”. Então, deduzimos de tudo isso que nada justifica o crente não ser um doador. Observai que a adoração compreende o sacrificar o corpo: Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. (Romanos 12:1). Sobre oferta lemos: Tributai ao SENHOR a glória de seu nome; trazei presentes, e vinde perante ele; adorai ao SENHOR na beleza da sua santidade. (I Crônicas 16:29).


Portanto, é hora de adorar a Deus de verdade. Adorá-Lo pelo que Ele é, e não pelo que pode nos dar. Com certeza, aquela mulher recebeu recompensa de Deus pelo seu ato de fé, embora não haja registro. Mas o contexto nos mostra que ninguém que agiu com fé e investiu no Reino de Deus deixou de ter o seu galardão:




  • Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna. (Marcos 10:30).



  • E semeou Isaque naquela mesma terra, e colheu naquele mesmo ano cem medidas, porque o SENHOR o abençoava. (Gênesis 26:12).


Observe que, quando Jesus tomou emprestado o barco de Pedro para proferir seu sermão, em seguida ordenou que os discípulos que passaram a noite tentando pescar e não conseguiram nada retornassem ao mar e lançassem suas redes novamente. O resultado, é que pescaram tantos peixes que não podiam trazê-los sem ajuda dos demais pescadores: E ele lhes disse: Lançai a rede para o lado direito do barco, e achareis. Lançaram-na, pois, e já não a podiam tirar, pela multidão dos peixes. (João 21:6). Da mesma forma, o menino que doou 5 pães e dois peixes ao Senhor teve 12 cestos cheios de volta: Recolheram-nos, pois, e encheram doze alcofas de pedaços dos cinco pães de cevada, que sobejaram aos que haviam comido. (João 6:13).


Para finalizar essa pequena reflexão, quero falar dos maiores doadores de todos os tempos: Primeiro de Deus, que doou o que Ele tinha de mais precioso, Seu único Filho, JESUS (João 3.16), e em segundo lugar, do próprio Cristo que, para nos salvar, doou a Si mesmo em resgate de muitos: Porque o Filho do homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos. (Marcos 10:45). Precisamos nos doar mais e dar o melhor de nós para Ele. Não dê o resto do seu tempo, não dê o resto de seu dinheiro. Dê o tempo que estava destinado a outras coisas em sua vida, mas o que você decidiu sacrificar a Ele, pois o Senhor não quer as tuas sobras. Ele quer o teu melhor.

Pr. Robson Aguiar


Bibliografia: Biblia King James - Biblia Thompson


Fonte: Blog do Pr. Robson Aguiar

http://pastorrobsonaguiar.nireblog.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário